17 março 2009

# Mais braço, menos braço #

Estava estendido e era como uma pétala, suave e infalível. A palma calma e delicada deixava apoiar a coronha de plástico azul transparente. Os dedos finos firmavam. Não eram daqueles que assinam a sentença sem pedir licença. They used to call me tricky arm. They used to call me. Retomamos as buscas?



4 comentários:

Aníbal Nogueira disse...

Very nice, very nice!

Inês disse...

Vocês são do caraças.

Joana disse...

:)

marta disse...

uma produção de risco mas valeu a pena sim senhor :)